Na manhã desta segunda-feira (01), a presidente da Câmara de Vereadores, Iara Cardoso (PDT), realizou uma coletiva de imprensa e formalizou um pedido de retratação referente aos eventos ocorridos durante a sessão do dia 26 de março.

"A integridade da Câmara de Vereadores foi questionada, associada a eventos que não correspondem à realidade", declarou a vereadora, fazendo alusão ao incidente ocorrido durante o uso da tribuna por parte de uma colega parlamentar, que resultou em vaias da plateia e ganhou repercussão nacional. 

Confira parte da nota lida pela vereadora para  o apresentador e jornalista Reinaldo Azevedo do programa no “Canal Uol” e sua forma equivocada de abordar os fatos da sessão do dia 26/03. 

"o jornalista e seu assessor atribuíram à “Vereadoras e Vereadores” as vaias, que na verdade eram oriundas da platéia, ocasião em que era louvado, na tribuna,  a prisão dos mandantes da morte da Vereadora Marielle Franco;"

"Não é verdade que vereadoras e vereadores vaiaram a colega, a manifestação partiu por parte da plateia e ligeiramente, pedi que respeitassem o uso da tribuna", destacou a presidente. Iara também reiteirou seu compromisso inarredável de luta pela equidade de direitos pelo fim de todo o tipo de violência contra a mulher, sendo a violência política uma terrível face desta violência.

 

 

 

 

Crédito foto: Douglas DaLua 

Notícias - Ver.ª Iara Cardoso - Camila Capelão MTE/RS 17376 ()

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.