Nome: IARA CARDOSO

Profissão: Advogada

Partido Político: PDT - 12

Contatos: (51) 3579-9200

Email: [email protected]

Histórico:

Advogada com forte atuação nas causas sociais, sempre pautando seu trabalho pela ética e justiça. Como funcionária pública, contribuiu com o desenvolvimento de nossa cidade, tanto no aspecto humano, tecnológico e econômico, quanto na infraestrutura urbana. Obstinada, acredita que a política é um instrumento para produzir felicidade. Com biografia admirável, assumiu com responsabilidade diversas funções públicas, dentre as quais destaca-se a Secretaria de Ação Social, onde desenvolveu o Projeto Resgate,  que recebeu destaque da UNICEF, cuja missão de inclusão de crianças e adolescentes em situação de risco, alcançou suporte educacional, psicológico e social a dezenas de famílias leopoldenses.
Como Secretária de Obras e Viação, caracterizou sua gestão mantendo acidade limpa, iluminada e com muitas ruas (450) pavimentadas.
Na área da saúde, presidiu a Fundação Estadual de Produção e Pesquisa-FEEPS, ocasião em que administrou os hemocentros do Estado do RS, o Laboratório Central - LAFERGS e o CIT.  No tema da engenharia genética, pesquisa e utilização de  células tronco, promoveu na capital, o Primeiro Seminário Nacional de Bioética, evento que reuniu os principais cientistas do país. 
Totalmente conectada com os anseios da comunidade, foi vereadora por três mandatos. Presidiu o Poder Legislativo em 2002 e 2016, sendo que em 2002, com coragem e discernimento jurídico, comandou a sessão de cassação de diversos vereadores envolvidos no famoso caso das fitas, impedindo que a investigação de crimes de desvio de dinheiro público, se transformasse em pizza. Neste período foi prefeita interina e promulgou a lei que criou o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher.
Em 2015, em meio a um dos mais conturbados períodos políticos de São Leopoldo; a greve dos servidores públicos e a consequente instalação da CPI das Contas Públicas, foi aclamada presidente da comissão para investigar a gestão financeira do município, cujo relatório final foi entregue ao Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado.
Vereadora mais votada do PDT, por três legislaturas consecutivas, é autora de diversas leis que impactaram a vida dos leopoldenses e serviram de inspiração para outros municípios. 
Na questão de igualdade de gênero, (a) protagonizou a criação da DEAM, Delegacia Especializada da Mulher em São Leopoldo; (b) criou a Procuradoria Especializada da Mulher na Câmara; (c) Sancionou a Lei que criou o Conselho Municipal da Mulher; (d)  Lei do Apito, que visa coibir o assédio e importunação sexual no transporte público; (e) lei instituindo a vacinação do HPV na cidade (depois incluída no PNI). 
Na atenção à saúde e ao desenvolvimento e inclusão social, destacam-se: (f) Projeto Resgate; (g) visando garantir mais oportunidades no mercado de trabalho, é autora da lei que destina 10% das vagas de estágio da administração pública à pessoas com deficiência; (h) no Desenvolvimento Social, fortaleceu os serviços à população mais vulnerável; (i) criadora do projeto FUNCOVID e da Frente Parlamentar de Enfretamento à Covid-19; (j) autora da Lei. nº. 8.666/17, que determina a divulgação no site da Prefeitura da listagem completa de medicamentos disponíveis na farmácia pública; (k) Lei da Transparência na Saúde, em que todos os usuários do SUS, poderão acompanhar a fila de atendimento, consultas, exames e demais procedimentos, pelo site da prefeitura; (l) autora da lei que trata da prioridade no atendimento aos portadores de fibromialgia; (m) autora da emenda parlamentar, que garantiu a substituição de carroças por veículo de tração mecânica.
Na infraestrutura urbana, além dos avanços realizados junto a SEMOV, foi autora das seguintes proposições: (n) Lei nº 8.506/2016, autoriza a remoção pelo Poder Público Municipal, de veículos abandonados nas vias e passeios públicos; (o) autora da Lei nº. 9.055/22, que determina a substituição das tampas de caixas de inspeção, ralos e bueiros de ferro, bronze e cobre, furtadas, por tampas de concreto e disciplina a ocupação de espaços, logradouros e passeios públicos por empresas que utilizam condutores subterrâneos (fios, cabos e afins); (p) Para coibir roubo, furto e receptação de medidores de água, fios, cabos, placas e materiais metálicos, criou a Lei nº. 9.527/22, que autoriza o Poder Público a fiscalizar e exigir dos estabelecimentos que comercializam sucatas de metal, a obrigatoriedade de utilizar registros da origem dos matérias.
Atualmente, tramita na Câmara os projetos de ampliação da isenção de IPTU para aposentados e pensionistas (Expediente nº. 2957 – PV 291/22); e a indicação da obrigatoriedade de realização de cursos de primeiros socorros aos funcionários e/ou professores que possuem contato direto com os alunos das redes pública e privada de ensino no âmbito de São Leopoldo, nos moldes da Lei Lucas (Indicação nº. 2980 – Exp. 295/22). Tramita também o (expediente nº. 3004 PV 295/22),referente ao do Mês da Conscientização contra o Câncer de Pele, denominado de Dezembro Laranja. 
Iara reedita seu slogan político - "Quem Ama Cuida" - convicta de que o melhor lugar para estar é junto das pessoas. Mais do que uma estratégia, uma certeza: "Só quem ama trata com carinho as demandas da comunidade, respeitando a diversidade de gênero, ideias, credo, etnia e geração", afirma a vereadora do PDT.

 

FILTRAR PROPOSIÇÕES

Últimas Proposições de Ver.ª Iara Cardoso (PDT)

Ver as 615 Proposições de Ver.ª Iara Cardoso (PDT)

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.