Após apresentar uma Moção de Repúdio na Câmara de Vereadores contra o fechamento da agência da Receita Estadual em São Leopoldo, programado para dezembro deste ano, o vereador Júlio Galperim esteve na Secretaria da Fazenda do RS. Recebido pelo subsecretário adjunto da Receita Estadual, Edson André Moura, Galperim entregou o documento assinado pelos vereadores e cobrou por explicações do porque da decisão de fechamento da agência no município. “Apesar do cenário nacional, São Leopoldo está entre os destaques de arrecadação para o Estado. Essa decisão significa um retrocesso, sendo que a economia será mínima para os cofres públicos, e irá prejudicar o atendimento hoje realizado”.

Até o final do ano a Receita Estadual deverá passar de 50 para 30 agências no Rio Grande do Sul. Segundo Moura, São Leopoldo faz parte dos 20 municípios que terão unidades fechadas, integrando o plano de economias do governo gaúcho. “Queremos organizar as atividades para oferecer um atendimento melhor para o contribuinte. Junto disto, estamos centralizando serviços no Estado e informatizando o maior número de trâmites possíveis, diminuindo assim a necessidade do atendimento presencial”. Ainda de acordo com o subsecretário adjunto, o fechamento estava programado para 31 de agosto, porém, a unidade de Novo Hamburgo não conseguiria suprir os atendimentos presenciais hoje realizados em São Leopoldo.

Ao final da reunião, Galperim sugeriu novos encontros entre a Receita Estadual e os empresários da região. “Precisamos encontrar uma solução em conjunto. Além de São Leopoldo, empresas de Sapucaia do Sul, São Sebastião do Caí e Portão serão afetadas diretamente. Neste momento de cenário econômico crítico, precisamos facilitar o acesso do contribuinte aos serviços públicos”. Novas ações de natureza política serão encaminhadas a fim de reverter essa decisão.

Notícias - Ver. Júlio Galperim - Paulo Henque Machado ()

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.